terça-feira, 25 de setembro de 2012

1º SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA



01. Assinale a opção que identifica a variação linguística presente nos textos abaixo.
Assaltante Nordestino

–Ei, bichin… Isso é um assalto… Arriba os braços e num se bula nem faça muganga… Arrebola o dinheiro no mato e não faça pantim senão enfio a peixeira no teu bucho e boto teu fato pra fora! Perdão, meuPadim Ciço, mas é que eu to com uma fome da moléstia…
Assaltante Baiano

– Ô meu rei… (longa pausa) Isso é um assalto… (longa pausa). Levanta os braços, mas não se avexe não… (longa pausa). Se num quiser nem precisa levantar, pra num ficar cansado… Vai passando a grana, bem devagarzinho… (longa pausa). Num repara se o berro está sem bala, mas é pra não ficar muito pesado… Não esquenta, meu irmãozinho (longa pausa). Vou deixar teus documentos na encruzilhada…

Assaltante Paulista

– Ora, meu… Isso é um assalto, meu… Alevanta os braços, meu… Passa a grana logo, meu… Mais rápido, meu, que eu ainda preciso pegar a bilheteria aberta pra comprar o ingresso do jogo do Corinthians, meu… Pó, se manda, meu…
(A) variação social.
(B) variação regional.
(C) variação cultural.
(D) variação padrão.

02. Leia o texto a seguir para responder a questão.

Você pode dar um rolê de bike, lapidar o estilo a bordo de um skate, curtir o sol tropical, levar sua gata pra surfar. Considerando-se a variedade linguística que se pretendeu reproduzir nessa frase, é correto afirmar que a expressão proveniente de variedade diversa é:

a. “dar um rolê de bike”.
b. “lapidar o estilo”.
c. “a bordo de um skate”
d. “curtir o sol tropical”.

03. São várias as diferenças linguísticas das diversas regiões e das diferentes camadas sociais do Brasil. Todas, porém, fazem parte de nossa realidade e são compreensíveis por seus falantes. Como exemplo disso, podem-se verificar as variantes linguísticas para as palavras “tangerina” e “mandioca”. Considerando essas informações acerca das variações linguísticas da língua portuguesa, assinale a opção correta.

(A) As palavras tangerina, mexerica e bergamota são sinônimas, assim como mandioca e macaxeira.
(B) São corretas apenas as formas mandioca e tangerina, uma vez que são palavras mais bem aceitas na língua culta.
(C) O uso da palavra macaxeira não é correto, pois faz parte da língua indígena do nordeste do País.
(D) Quando um falante usa o termo macaxeira, em vez de mandioca, demonstra pertencer a uma classe social baixa.

 04. Leia com atenção.
PRIMAVERA

É primavera – rosas e flores brotam, é tempo do amor!Imagens belas de se ver: sementes germinando, tudo encanta a gente. Muitas rosas juntas num buquê, para mim e pra você como presente da natureza! Amor que floresce, que causa encanto e se transforma em paixão!
Vidas renovadas com rosas, carinho e desejo! Um afago, um beijo, amor e união.
Esta estação nos inspira, embeleza a vida, refresca a alma!Esta é a estação mais bela da mãe natureza: linda! Repleta de flores, une amores, com imensa beleza dos pássaros a cantar...
Nesse texto, as palavras destacadas pertencem a diferentes classes gramaticais. Obedecendo à sequência em que aparecem, assinale a resposta CORRETA:
A - (   ) Verbo no infinitivo, pronome oblíquo, substantivo coletivo, advérbio de intensidade, adjetivo e verbo.
B -(    ) Verbo, adjetivo, advérbio de intensidade, substantivo coletivo,pronome oblíquo e verbo no infinitivo.
C -(    ) Verbo, verbo no infinitivo, adjetivo, pronome oblíquo, advérbio de intensidade e substantivo coletivo.
D -(    ) Pronome oblíquo, substantivo coletivo, advérbio de intensidade,adjetivo, verbo e verbo no Infinitivo.

05. Assinale a alternativa em que todas as palavras são ADVÉRBIOS:
a. Ali, certamente, crianças, já, rápido, tanto, assim.
b.Muito, estudioso, mal, você, então, agora, pior
c.Melhor, demais, ele, realmente, ainda, perto, longe.
     d. Realmente, nunca, talvez, bastante, ali, agora, devagar.

Minha Sombra

De manhã a minha sombra
com meu papagaio e o meu macaco
começam a me arremedar.
E quando eu saio
a minha sombra vai comigo
fazendo o que eu faço
seguindo os meus passos.

Depois é meio-dia.
E a minha sombra fica do tamanhinho
de quando eu era menino
Depois é tardinha.
E a minha sombra tão comprida
brinca de pernas de pau.

Minha sombra, eu só queria
ter o humor que você tem
Minha sombra, eu só queria
ter o humor que você tem,
ter a sua meninice,
ser igualzinho a você.
E de noite quando escrevo,
fazer como você faz,
como eu fazia em criança
ter a sua meninice,
ser igualzinho a você.
Minha sombra
você põe a sua mão
por baixo da minha mão,
vai cobrindo o rascunho dos meus poemas
sem saber ler e escrever.

06. De acordo com o texto, a sombra imita o menino
a) de manhã.
b) ao meio-dia.
c) à tardinha.
d) à noite

O bicho
vi ontem um bicho.
Na imundice do pátio.
Catando comida entre os detritos.
Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.
O bicho não era um cão,
Não era um gato.
Não era um rato.
O bicho, meu Deus, era um homem.

07. O que motivou o bicho a catar restos foi:
a. A imundice do pátio.
 b. O cheiro da comida.
c. A amizade pelo cão.
d.A própria fome.

 08. Observe a charge e responda: as questões 9 e 10. Sobre o Novo Acordo Ortográfico, assinale a alternativa correta:
a) A partir de 2012, não haverá diferença no vocabulário dos países de Língua Portuguesa.
 b) A partir de 2012, a pronúncia das palavras da Língua Portuguesa será a mesma em todo o mundo.
c) A partir de 2012, apenas a grafia de algumas palavras da Língua Portuguesa se uniformizará.
d) A partir de 2012, será mais fácil entender a “fala” de uma pessoa que reside em Portugal.

09. Sobre as expressões “Tô ferrado” e “Simbora tomar um chopp”, assinale a alternativa correta:

a) Elas estão inadequadas, já que o correto é “Estou ferrado” e “Vamos embora tomar um chopp”.
b) Estão adequadas, já que demonstram uma situação informal do uso da língua.
c) Nunca podem aparecer, nem mesmo em uma situação informal do uso da língua.
d) Podem ser utilizadas apenas entre amigos.

 Leia a tirinha abaixo.

10. Mafalda bateu em sua colega por que
a) ela a ridicularizou.
b) ela lhe provocou.
c) ela tentou lhe convencer.
d) ela não admite ser contrariada.

Escola Municipal de Ensino Fundamental Francisco Sales de Carvalho. 9º Ano, Língua Portuguesa. Córrego da Forquilha-Jijoca de Jericoacoara-Ce. Prof.: Francisco Antônio de Paula Gregório. 25/09/12.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado a todos que passarem por esse blog e deixar seu recadinho.